Artigos

Alimentação e Fotoproteção

                Vários estudos vêm demonstrando a eficácia de compostos bioativo na fotoproteção, isto porque, esses não nutrientes são capazes de combater o estresse oxidativo induzido pela radiação solar, sendo umas das causas de envelhecimento precoce da pele. As principais ações destes compostos, são: (I) Absorver radiações UV; (II) inibir reações de radicais livres induzidas por UV nas células; (III) modular sistemas antioxidantes e inflamatório endógenos.

                Os principais compostos estudados atualmente, são: catequinas, isoflavonas, proantocianidinas, cianidinas, entre outros. Foi demonstrado que os compostos bioativos extraídos do fruto de açaí foram capazes de inibir o estresse oxidativo induzido por UVA. O extrato de semente das uvas vem demonstrado resultados positivos contra os danos ocasionados pela exposição solar. Compostos do chá verde também vem sendo estudos para o mesmo proposito com bons resultados. 

                Além dos compostos bioativos temos também a participação dos nutrientes na proteção da pele. Dentre eles estão: Carotenoides (derivados da vitamina A), Vitamina C, Vitamina E, B1, B2, B6, zinco e Selênio. Na qual a deficiência destas vitaminas pode anomalias na pele, dietas desequilibradas e incompletas podem ocasionar doenças, envelhecimento, abuso de substancias químicas influenciam a saúde da pele. Essas vitaminas têm como função na pele a proteção contra os raios UV e o envelhecimento precoce.

                Uma alimentação equilibrada e o uso do protetor solar é essencial para prevenir danos a pele ocasionados pelos raios UV. Procure seu Nutricionista para individualizar sua dieta e ver quais são suas reais necessidades.

       

Fonte: DOI: 10.1089/rej.2017.1931;
            DOI: 10.1155/2018/1454936
             DOI: 10.1007/s11154-016-9374-z